Pesquise as matérias do JT:

segunda-feira, 11 de setembro de 2017

INFORME DA PREFEITURA DE TUCURUÍ




INFORME DA PREFEITURA DE TUCURUÍ

Conforme anunciado pelo Sr. Alexandre Siqueira, proprietário da Empresa Top Maq, responsável pelo transporte escolar e pela coleta de entulho em Tucuruí, através de nota divulgada em redes sociais, e que, segundo o empresário, serão noticiadas na imprensa, a Prefeitura de Tucuruí vem a público esclarecer que não são verdadeiras as informações de que não cumprirá com suas obrigações de pagamentos referentes aos serviços executados na vigência do contrato. Por orientação da Procuradoria Jurídica do Município, o prefeito Artur Brito determinou que fosse realizada uma avaliação interna em todos os contratos de serviços celebrados entre a municipalidade e as empresas do Grupo Siqueira, para que sejam levantados todos os débitos existentes e avaliados o quantitativo da prestação dos serviços executados. Essa medida é importante porque os contratos estão sub judice, e, em muitos casos, foram constatados pagamentos antecipados de serviços que não chegaram a ser executados ao longo dos últimos meses. 

O empresário Alexandre Siqueira, no último dia 29 de julho, anunciou em todos os meios de comunicação que, a partir daquela data, estaria rescindindo todos os contratos celebrados pelo Grupo Siqueira com esta municipalidade. Até a presente data, o empresário nunca oficializou esta decisão na Prefeitura.

Por valorizar a transparência e a verdade na utilização dos recursos públicos, a Prefeitura de Tucuruí, ao concluir os levantamentos relacionados à empresa do Sr. Alexandre Siqueira, tomará as medidas cabíveis, tanto na esfera administrativa como judicial, e, havendo descumprimento dos contratos por parte da empresa contratada, a municipalidade realizará imediatamente o distrato dos contratos.

Por fim, a Prefeitura de Tucuruí esclarece que em nenhum momento ficou com pagamentos pendentes com a empresa do Grupo Siqueira. Pelo contrário, em vários momentos foram identificadas, em meses anteriores, antecipações de pagamentos antes mesmo da devida prestação dos serviços. Este é o principal motivo que leva a Prefeitura a realizar uma auditoria interna, com o objetivo de identificar quem realmente tem crédito ou débito: a Prefeitura que figura como contratante ou a empresa contratada.

Prefeitura de Tucuruí, pela verdade e pela transparência!


Prefeitura de Tucuruí, nosso povo, nossa energia!  

Nenhum comentário:

Postar um comentário