Pesquise as matérias do JT:

quinta-feira, 18 de maio de 2017

Presidente Michel Temer diz que não renuncia



Presidente Michel Temer diz que não renuncia

O presidente Michel Temer faz um pronunciamento, nesta quinta-feira (18), do Palácio do Planalto, em Brasília. É a primeira fala de Temer após reportagem do jornal O Globo ter antecipado, na noite de ontem (17), o conteúdo da delação premiada de Joesley e Wesley Batista, do grupo JBS, à Procuradoria-Geral da República (PGR).

Planalto solicita íntegra de gravações feitas por delatores

Segundo reportagem do jornal O Globo, em encontro gravado em aúdio, em março deste ano, pelo empresário Joesley Batista, Temer teria sugerido que se mantivesse pagamento de mesada ao ex-presidente da Câmara, Eduardo Cunha, e ao doleiro Lúcio Funaro para que estes ficassem em silêncio. O ministro Edson Fachin, relator da Operação Lava Jato, no Supremo Tribunal Federal (STF) homologou hoje as delações. O conteúdo dos textos estão sob sigilo. Fachin também autorizou a abertura de inquérito para investigar o presidente da República.

Em nota, a Presidência da República informou, ainda ontem, que o presidente Michel Temer "jamais solicitou pagamentos para obter o silêncio do ex-deputado Eduardo Cunha", que está preso em Curitiba, na Operação Lava Jato. A nota diz ainda que o presidente "não participou e nem autorizou qualquer movimento com o objetivo de evitar delação ou colaboração com a Justiça pelo ex-parlamentar". Segundo a Presidência, o encontro com o dono do grupo JBS foi no começo de março, no Palácio do Jaburu. "Não houve, no diálogo, nada que comprometesse a conduta do presidente da República".

Temer decide renunciar, afirma o Globo





Michel Temer anunciará sua renuncia ainda na noite desta quinta (18)




O Jornal O GLOBO, noticiou na tarde desta quinta-feira que o presidente Michel Temer está pronto para anunciar sua renúncia ao cargo e deverá fazê-lo ainda na noite de hoje.

Segundo O Globo, Temer já conversou a respeito com alguns ministros de Estado e, pessoalmente, acompanha a redação do pronunciamento que informará o país a respeito.

Rodrigo Maia (PMDB-RJ), presidente da Câmara dos Deputados, já teria sido avisado sobre a decisão de Temer. 

Ele o substituirá como previsto na Constituição, convocando o Congresso para que eleja o novo presidente que governará o país até o final de 2018.

Breu Branco: Adimilson Mezzomo externa votos de pesar a família Kolling




Adimilson Mezzomo externa votos de pesar a família Kolling



O ex-prefeito de Breu Branco Adimilson Mezzomo, usou sua página pessoal nas redes sócias na noite desta quarta-feira (17), para externa os votos de pêsames de seus familiares aos familiares enlutados do prefeito Diego Kolling, brutalmente e covardemente assassinado no último dia 16.


Mesmo o ex-prefeito Adimilson Mezzomo tendo sofrido diversas retaliações e acusações levianas, segundo ele, “uma armação sórdida, que envolveu seu nome e sua imagem nas redes sociais, direcionando suspeitas a sua pessoa pelo ato criminoso que levou a morte de Diego do Alemão”, ele não poderia deixar de solidarizar-se aos familiares de Diego do Alemão, neste momento de dor extrema.


Adimilson afirmou ainda, que, “o deputado federal que de forma medíocre e mentirosa, o acusou em um grupo de watsap, e em outros meios de comunicação, sofrerá as sanções penais, e que no mais breve tempo possível, será acionado judicialmente para apresentar as provas de sua afirmativa, de cunho maldoso, difamatório e criminoso, tentando jogar a sociedade breuense e os familiares enlutados, contra a pessoa do ex-prefeito Adimilson Mezzomo”.

Inclusive, “tais acusações infundadas deste deputado federal, colocou em risco a minha vida e de meus familiares”. 


Mezzomo afirmou ainda, “eu e minha família nunca tivemos estes tipos de atitudes, e veemente repugnamos estes tipos de ações criminosas”.


Sempre convivemos em bom relacionamento com todos os amigos, eleitores e munícipes. 

E segundo outros boatos que ainda foram propagados nas ruas da cidade, que ele estaria fora da cidade. Adimilson esclareceu que, é mais outra inverdade, “estou em Breu Branco, tenho residência fixa em Breu Branco, porque foi esta a terra que escolhi, assim como muitas outras pessoas, para formar minha família e viver em harmonia com os amigos e moradores da nossa amada Breu Branco”.


Na postagem, Adimilson solidariza-se com os familiares do prefeito Diego Kolling pela perda prematura, “e se une aqueles que esperam das autoridades a elucidação urgentíssima deste crime que vitimou o nosso chefe do poder executivo, uma pessoa de excelente índole e de um coração fraterno, que infelizmente já não se encontra entre nós e sim nos braços do Senhor Jesus”.

quarta-feira, 17 de maio de 2017

Breu Branco: Garcês toma posse no cargo de prefeito

Francisco Garcês comandará o governo de Breu Branco até 2020


Breu Branco: Garcês toma posse no cargo de prefeito


WELLINGTON HUGLES

De Breu Branco

Foto: Arquivo JT

Após o fatídico crime que estarreceu toda a população de Breu Branco com o assassinato do prefeito Diego do Alemão, a Câmara de Vereadores de Breu Branco realizará na tarde desta quarta-feira (17) uma sessão extraordinária para a solenidade de juramento e posse do vice-prefeito Francisco Garcês no cargo de prefeito de Breu Branco.


A formalidade e exigida por lei, mesmo os vereadores, familiares e a população de modo geral ainda estarem enlutados pela grande perda do jovem prefeito Diego, mas os serviços da municipalidade não podem ficar parados, e a cidade não pode seguir sem o chefe do poder executivo.


Por volta das 17 h, os edis vão se reunir no plenário da Câmara para a formalidade de juramento e posse do prefeito Garcês, que a partir do ato, estará comandando os rumos de Breu Branco, após a fatalidade da morte do prefeito Diego Kolling.


Segundo Garcês, em entrevista a rádio local, sua ação será de continuidade aos projetos planejados por ele e o Diego, garantindo desenvolvimento sustentável aos breuenses e geração de novas frentes de trabalho, assim como, implantar ações para garantir maior segurança ao povo.


Momentaneamente os dirigentes do governo não serão alternados, pois a administração vem trabalhando a contento do povo.

O adeus ao prefeito de Breu Branco Diego do Alemão





WELLINGTON HUGLES
De Breu Branco
Foto: JT

O corpo do prefeito de Breu Branco, Diego Kolling, foi enterrado na manhã desta quarta-feira (17), em Breu Branco, sudeste paraense. 

O velório ocorreu em uma igreja evangélica no bairro Novo Horizonte. O prefeito foi morto a tiros na terça-feira (16) na rodovia PA-263, enquanto praticava ciclismo com amigos.

A Federação dos Municípios Paraenses cobrou rapidez nas investigações sobre a morte do prefeito e pediu apoio da OAB e da Assembleia Legislativa para o acompanhamento das investigações. 

O PSD do Pará lamentou a morte do prefeito e cobrou a prisão dos responsáveis, assim como o COMPART do qual Diego Kolling era vice-presidente também está cobrando medidas emergências para desvendar este atentado à democracia.

A Polícia ainda não tem pistas dos assassinos. “Já temos o inquérito tombado. Estamos com equipe não só do município, como de Tucuruí e da divisão especializada de homicídios, que assumirá a investigação“, explica a delegada Cristiana Ferreira.

De acordo com o Secretário de Segurança Pública do Pará, o prefeito não havia feito nenhum comunicado sobre ameaças. “As informações sobre o que aconteceu ainda são muito escassas. É possível ter havido motivação política. O que se configura mais provável é que tenha sido sim uma execução”, revela Jeanot Jansen, titular da Segup.