Pesquise as matérias do JT:

quinta-feira, 22 de junho de 2017

Licenciamento ambiental da Usina de Tucuruí é tema de debate em oficinas no interior do Pará




Usina Hidrelétrica de Tucuruí gera energia para os estados do Pará, Maranhão e Tocantins

O debate sobre a revisão do licenciamento ambiental da Usina Hidrelétrica (UHE) de Tucuruí, localizada às margens do rio Tocantins, está sendo tema de oficinas colaborativas promovidas pela Secretaria de Meio Ambiente e Sustentabilidade (Semas) com o apoio do Instituto de Desenvolvimento Florestal e Biodiversidade (Ideflor-bio) do Pará e teve início nesta terça-feira (20) em municípios do interior do Pará.

As oficinas, abertas ao público, já foram realizadas no último dia 20, em Cametá, hoje (22), está sendo realizada Igarapé-Miri e no próximo dia 27 em Abaetetuba. 

A proposta é englobar outros municípios da jusante, entre eles, Limoeiro do Ajuru, Baião, Mocajuba, Barcarena, Oeiras e Moju.

A Usina Hidrelétrica de Tucuruí, de responsabilidade da empresa Eletronorte, foi inaugurada em 1984. O empreendimento, localizado a cerca de 300 km de Belém, alterou não apenas a configuração geográfica, mas a base econômica e a vida da população local. A usina 100% brasileira é responsável pelo abastecimento de energia no Pará, Maranhão e Tocantins.

Segundo a Semas, os trabalhos vão ampliar o diálogo, explicar sobre o licenciamento e discutir os impactos causados às comunidades que vivem no entorno do empreendimento. O resultado da discussão servirá para subsidiar a revisão do licenciamento ambiental que está sendo feita pela Secretaria, para análise de concessão de renovação da Licença de Operação (LO).

Além da população, representantes dos Ministérios Público Federal (MPF) e Estadual (MPPA), prefeituras, secretarias municipais, lideranças da sociedade civil organizada e comunidades foram convidadas para participar do debate.

Serviço: 

Polo Cametá
Municípios Participantes: Limoeiro do Ajuru, Cametá e Baião.
Local: Abertura – Auditório do Senai, na Travessa Benjamin Constant, 438
Oficinas – Cefope (antigo Seixas), na Rua Gentil Bittencourt, 02, bairro Centro, Cametá- PA
Dia: 20/06/17, de 8h às 16h

Polo Igarapé-Miri
Municípios Participantes: Igarapé-Miri e Mocajuba
Local: Polo Universitário, na Rua Simplício de Moraes
Dia: 22/06/17, de 8h às 16h

Ministério da Saúde espera vacinar 282 mil meninos contra HPV no Pará


Vacina contra o HPV protege contra quatro formas diferentes do vírus

Campanha contra doença sexualmente transmissível chega em nova fase, com meta de vacinar 80% dos jovens do sexo masculino com idade entre 11 e 15 anos.

O Ministério da saúde divulgou nesta quarta-feira (21) que cerca de 282 mil meninos com idades entre 11 e 15 anos incompletos devem ser vacinados contra HPV no estado do Pará, o que corresponde a 80% dos 352,5 mil adolescentes que vivem no estado.

A vacina contra o HPV para os meninos passou a ser disponibilizada no Sistema Único de Saúde (SUS) em janeiro de 2017, contemplando os meninos de 12 a 13 anos. Até o ano passado a vacinação contra HPV era feita apenas em meninas, mas desde janeiro de 2017 o público foi ampliado – com isso, o Brasil passou a ser o primeiro país da América do Sul e sétimo do mundo a incluir homens no programa de imunização.

Inicialmente a campanha focava em meninos de 12 e 13 anos, mas a faixa etária foi ampliada para aumentar a cobertura da vacina, cuja adesão era pequena entre os rapazes. Esta ampliação é feita em parceria com o Ministério da Educação.

“(O Ministério da Educação) É um de nossos grandes aliados nessa frente. Com esse projeto, estamos convocando toda a comunidade escolar, pais e educadores, a atualizarem as cadernetas de vacinação destes jovens”, disse o Ministro da Saúde, Ricardo Barros.

Desde o começo da vacinação contra HPV, em 2014, o estado do Pará recebeu mais de 1,2 milhão de doses da vacina. Segundo o ministério, a campanha deve ser intensificada em julho, durante as férias escolares. Além disso, a vacina contra HPV também vai fazer parte da campanha de multivacinação entre os dias 11 e 22 de setembro.

“Queremos que as doses atuais nos estoques sejam utilizadas no mais curto espaço de tempo possível, não apenas para que não se percam, mas, principalmente, para que os jovens abaixo de 15 anos se imunizem contra o HPV, evitando, assim, uma série de complicações, principalmente os vários de tipos de cânceres” disse a coordenadora do Programa Nacional de Imunizações, Carla Domingues.

Como funciona a vacina contra HPV

A vacina contra HPV disponível na rede pública é a quadrivalente, que oferece proteção contra quatro subtipos do vírus HPV (6, 11, 16 e 18) e com 98% de eficácia para quem segue corretamente o esquema vacinal. Para isso é preciso que meninos e meninas tomem duas doses, com intervalos de seis meses entre elas.

O HPV é um vírus sexualmente transmissível transmitido pelo contato direto com pele ou mucosas infectadas, mas a doença também pode ser transmitida da mãe para filho no momento do parto.

A faixa etária para a vacinação visa proteger meninos e meninas antes do início da vida sexual e, dessa forma, garantir a imunização antes do contato com o vírus.

Para os meninos, a estratégia tem como objetivo proteger contra os cânceres de pênis, garganta e ânus, doenças que estão diretamente relacionadas ao HPV.

Em meninos a vacina protege contra cânceres de pênis, garganta, ânus e doenças que estão diretamente ligadas ao HPV. Nas meninas a imunização previne câncer de colo de útero, vulva, vagina, ânus, lesões pré-cancerosas, verruga genitais e infecções causadas pelo vírus.

quarta-feira, 14 de junho de 2017

Parabéns Bena Navegantes: “Liderança se resume em encontrar caminhos para um objetivo comum, o sucesso...”









Parabéns Bena Navegantes: “Liderança se resume em encontrar caminhos para um objetivo comum, o sucesso...”

Por: Wellington Hugles


Nesta quinta-feira dia 15, feriado de Corpus Christi, o aniversariante do dia é Benedito Joaquim do Campos Couto, conhecido popularmente e carinhosamente  como “Bena Navegantes”, em alusão ao seu pai José Soares do Couto Filho, o “Navegantes”, um dos baluartes da política local, que exerceu as funções de vereador, prefeito e deputado estadual representando e defendendo a amada cidade de Tucuruí.


Bena Navegantes é funcionário público efetivo da Prefeitura de Tucuruí, exercendo atualmente o cargo de vereador, concedido pelo povo através do voto, pelo terceiro mandato consecutivo, sempre defendendo os interesses da população em busca de soluções imediatas que possibilitam trazer maior segurança ao povo e atendimento a saúde e educação de qualidade, sendo esse o reconhecimento da população que sempre lhe conduz ao mandato eletivo.


Como diz uma velha profecia, “que atrás de um grande homem sempre existe uma grande mulher” entre o casal Bena Navegantes e Alessandra Frances não seria diferente, mas com um adendo, os dois são grandes pessoas de um caráter impar e um coração fraterno, além de um amor ao próximo sem limites.


“Filho de peixe, peixinho é”, observando a trajetória de seu pai “Navegantes”, Bena trilha na política um caminho abalizado de respeito ao próximo e responsabilidade social, tanto que está vereador pelo terceiro mandato consecutivo, atuando como presidente da Câmara de Vereadores de Tucuruí, onde tem mostrado sua competência e honradez, sem dispensar sua humildade e respeito ao próximo.


Sua carreira política tem sido extraordinária, sendo sua atuação em Tucuruí um passaporte para novos voos em busca de defender nossa região e o estado quem sabe futuramente como deputado estadual na Assembleia Legislativa do Pará.


Parabéns grande vereador, amigo, desportista, amoroso filho e apaixonado marido, carinhoso pai e fraterno irmão, seguem os votos de feliz aniversário e muitos anos de vida de seu pai e mãe “Navegante” e de Graciete Couto e de sua amada esposa Alessandra Francês e de suas filhas Brenda e Bianca.


Parabéns ainda pelo 9 anos do Clube BenAmigos de Bena Navegantes.
 
Todos os amigos desejam muitos anos de vida, assim como os servidores, colaboradores e  assessores da câmara de Tucuruí e os amigos funcionários da Prefeitura, além dos  parceiros do futebol e da vida do dia-a-dia, estendendo os votos de carinho e muitas felicidades nesta data de grande importância que é o seu aniversário.


Feliz aniversário e sucesso na conquista de ser o representante de nossa região na ALEPA.