Pesquise as matérias do JT:

Carregando...

domingo, 19 de abril de 2015

PA 263: Colisão entre veículos acaba com duas mortes

Danilo Paulucio vítima do acidente na PA 263








WELLINGTON HUGLES
De Tucuruí
Foto: Wellington Hugles
Uma grave colisão entre dois veículos na rodovia PA 263, que liga Tucuruí a Goianésia do Pará vitimou dois jovens, o universitário Danilo Paulucio, 24 anos, morador da cidade de Goianésia do Pará, e Marcos Elias Gonçalves, morador da fazenda Ouro Verde, em Breu Branco, sudeste do estado.

O início da noite deste domingo (19), foi marcado por um grave acidente ocorrido na estrada que liga Tucuruí a Goianésia do Pará, à PA 263, um trecho que vem ocasionando quase que diariamente graves acidentes, em função a situação de abandono da rodovia que está completamente cheia de buracos e crateras, colocando em risco todos aqueles que necessitam se deslocar nas viagens diárias.

Muitas demandas e pedidos já foram encaminhados ao Governo do Estado para a recuperação emergencial da rodovia, mas nenhuma solução foi tomada, em função ao descaso e a situação de sua intrafegabilidade, inclusive, na noite do último dia 13, o ônibus de transportes escolar dos universitários que seguia de Tucuruí para Goianésia do Pará, foi assaltando por três meliantes, que estavam a espreita do veículo, que ao chegar no KM 24 (Vila Neres), em função as crateras na estrada, foi obrigado a parar, sendo surpreendido pelos assaltantes que armados, dispararam 3 tiros contra o ônibus, todos os quase 50 estudantes foram humilhados e agredidos, tendo todos os seus pertences saqueados.

É fato, que no início do mês de março o próprio presidente da Câmara de Vereadores de Tucuruí, vereador Davidson Furtado (PSDB), sofreu uma grave colisão com outro veículo na PA 263, que em função ao impacto devido ao desviou dos buracos, um dos veículos explodiu, mas em função a presteza de uma viatura da PM que passava no local, conseguiu prestar socorro aos acidentados e nenhum dos passageiros sofreu nenhum ferimento, sendo registradas apenas perdas matérias.

Mas na noite deste domingo, o universitário do 9º ano do Curso de Direito, Danilo Paulucio, 24 anos morador de Goianésia do Pará e Marcos Elias Gonçalves morador de Breu Branco,  não tiveram a mesma sorte, e em função aos buracos na PA 263, ao desviar colidiram frontalmente, morrendo no local do acidente Danilo Paulucio, Marcos Gonçalves ainda chegou a ser socorrido para o Pronto Socorro do Hospital Regional de Tucuruí, mas não suportou aos ferimentos, indo a óbito.

Tanto a população de Goianésia do Pará como de Breu Branco, estão consternados pela perda dos dois jovens de forma prematura, em função ao acidente ocasionado pelo descaso do Governo do Pará, que não atendeu aos inúmeros pedidos de recuperação da rodovia PA 263, que se encontra entregue a ação do tempo, transformando-se na “estrada da morte”.

Segundo informações prestadas pelos agentes da PRE, tudo leva a crer que a colisão ocorreu em função aos inúmeros buracos que estão em toda a extensão da rodovia, sendo este um dos prováveis motivos para a colisão frontal dos veículos que viajavam em sentido opostos.

A equipe de necropsia do IML de Tucuruí foi acionada para a remoção do corpo na rodovia e no hospital, onde ambos serão necropsiados, e liberados para os familiares realizarem o velório e o sepultamento.


quarta-feira, 15 de abril de 2015

Operação "Choque" da PF cumpre mandados em ação contra fraudes na Eletronorte

 Carros da PF em frente ao edifício onde fica a sede da Eletronorte, em Brasília
Entrada da Eletronorte em Brasília


Operação investiga esquema de corrupção na estatal

A Polícia Federal cumpriu mandados de busca, apreensão e prisão em Marília, Brasília, Porto Velho, Rio de Janeiro e Belo Horizonte na manhã desta quarta-feira (15).

De acordo com a PF ficou comprovado o enriquecimento ilícito de pessoas que tinham contratos com a empresa. A prática é considerada crime de corrupção passiva e ativa. Os investigados podem ser condenados por formação de quadrilha, fraudes em licitações e lavagem de dinheiro.


Segundo a assessoria de imprensa da Polícia Federal em Brasília, foram cumpridos hoje mandados de busca e apreensão em alguns endereços de Marília. Vários documentos foram apreendidos e levados para a investigação.

A Polícia Federal cumpriu mandados de busca, apreensão e prisão em Marília, Brasília, Porto Velho, Rio de Janeiro e Belo Horizonte na manhã desta quarta-feira (15). 

A ação faz parte da operação da PF que investiga um esquema de corrupção em uma concessionária de energia estatal, a Eletronorte.


Em Brasília, pelos menos seis agentes da PF e um da Contralodoria-Geral da União (CGU) estavam na sede da empresa nesta manhã. 

Os agentes saíram da Eletronorte às 11h com um malote e duas mochilas, supostamente com documentos.

Os agentes envolvidos na operação, batizada de Choque, cumprem oito mandados de busca e apreensão e dois de prisão temporárias. De acordo com a PF, um integrante da estatal enriqueceu ilicitamente ao obter vantagens de pessoas jurídicas que mantinham contrato com a empresa. A corporação não deu detalhes de como o servidor atuava.

A operação ocorre paralelamente em Brasília (DF), Porto Velho (RO), Rio de Janeiro (RJ) e Belo Horizonte (MG). A Polícia Federal investiga a possível prática dos crimes de corrupção passiva e ativa, formação de quadrilha, fraudes licitatórias e lavagem de dinheiro.

A corporação disse que trabalha também para identificar outros possíveis integrantes da organização criminosa. Uma empresa "laranja" teria sido usada pelo esquema.


A sede da Eletronorte fica no Shopping ID, na Asa Norte, em Brasília. Funcionários que não quiseram se identificar disseram que os agentes chegaram ao local por volta das 5h. Duas viaturas estavam no local por volta das 9h.

Hennison Coelho partiu, destino o paraíso

Hennison Coelho partiu, destino o paraíso

E com o coração entristecido e repleto de dor, que informamos a perda prematura nesta quarta-feira (15), do amigo e colega de imprensa Hennison Coelho, que estava em tratamento especializado em função a um mal súbito, que fragilizou sua saúde, sendo levado para a cidade de Teresina, onde passava por tratamento, mas infelizmente não suportou a evolução do problema e veio a óbito.

Hennison Coelho uma pessoa bastante conhecida em Tucuruí, em função ao profissional que era, exercendo ente outras, a profissão de modelo e recentemente estava trabalhando no Sistema Floresta de Comunicação.

Henni, como era conhecido por todos, passou um período internado no Hospital Regional de Tucuruí, mas seus familiares resolveram ir à busca de um tratamento especializado para sua enfermidade.

Mas, foi o designo de sua vida, chegando a hora, e o momento de sua viagem ao paraíso, onde deve estar ao lado de Deus todo poderoso.

Unimo-nos aos familiares e amigos neste momento de perda do grande amigo Hennison Coelho, e comunicamos que seu féretro está sendo velado no barracão da Comunidade do Jardim Colorado.

Seu sepultamento ocorrerá na tarde desta quinta-feira (16), no novo cemitério da cidade na rodovia Transcametá, no KM 4.

Esse trecho da musica de Tim Maia, defini o sofrimento de seus familiares e amigos:

“Não sei porque você se foi
Quantas saudades vou senti
E de tristezas vou viver
E aquele adeus não pude dar”


Descanse em paz eterno amigo Hennison Coelho.

terça-feira, 14 de abril de 2015

Crime Ambiental: SEMA/Pará interditada lixão clandestino no KM 4 rodovia Trascametá, após a denuncia feita pelo jornalista Wellington Hugles!!!!



Crime Ambiental: SEMA/Pará interditada lixão clandestino no KM 4 rodovia Trascametá, após a denuncia feita pelo jornalista Wellington Hugles!!!!


Crime ambiental “cadeia neles”: E a farra da impunidade corre “frouxa” em Tucuruí, onde o prefeito Sancler Ferreira e o Secretário de Meio Ambiente André Fontana autorizaram o descarte de lixo e entulhos para o aterramento da nascente do Igarapé Santos, no KM 4 (BR 422/Rodovia Transcametá), local onde é feito o bombeamento d’água potável para a população da cidade